Notícias

Redes coletoras de esgoto começam a ser instaladas


Publicado em: 22/05/2014 12:10 | Autor: Saae Barra Mansa

 

O Saae BM (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Barra Mansa) deu início nesta terça-feira, dia 20, a construção das redes coletoras de esgoto no bairro Boa Sorte. A tubulação levará o esgoto do bairro até a ETE Barbará (Estação de Tratamento de Esgoto), cuja obra está prevista para ser concluída em abril de 2016. Por conta da intervenção, a Rua Henrique Crispim de Almeida foi parcialmente interditada para o trânsito de veículos. A previsão é de que a obra no local termine em até 15 dias. 

A ETE Barbará será a maior estação horizontal da região Sul Fluminense, com capacidade para tratar 200 litros de esgoto por segundo, o equivalente a 45% dos resíduos domiciliares produzido do município. De acordo com o diretor executivo do Saae BM, Horácio Delgado, já foram construídos 18 quilômetros de rede de esgoto. “Nos bairros São Judas Tadeu e Jardim Alice, o trabalho já foi concluído. No bairro Barbará foram executados 80% e, na Piteiras, 50%. Ficará faltando ainda construir as redes dos bairros Estamparia, Vila Elmira e Boa Sorte, que foi iniciada esta semana”, informou.  

Paralela à construção das redes, está sendo executada a obra da Estação de Tratamento de Esgoto ao lado do Sesi Barra Mansa, na Avenida Argemiro de Paula Coutinho. “Essa obra encontra-se em ritmo acelerado, tanto das redes, como da construção da ETE. Hoje, a maioria das redes do município é mista mas com esse novo sistema que está sendo implementado, as redes de esgoto serão separadas das de águas pluviais”, explicou. 

ETE Ano Bom  

Em relação à ETE Ano Bom, Horácio informou que 94% das redes coletoras já foram construídas. “Hoje está sendo feito o trecho entre a Praça Nações Unidas e o Ilha Clube; e na Avenida Presidente Kennedy, próximo ao CIEP 292, faltando ainda um trecho da Avenida Major José Bento. Quanto a estação, está faltando apenas a instalação dos equipamentos”, informou. 

Segundo Horácio, a ETE Ano Bom terá capacidade de tratar 50 litros de esgoto por segundo, o equivalente a 20% do esgoto produzido no município. A previsão é de que seja inaugurada em setembro deste ano. As redes coletoras que levarão o esgoto até a estação estão sendo construídas na Vila Orlandélia, Vila Coringa, Ano Bom, Vila Delgado, Ari Parreiras, São Francisco de Assis, Santa Izabel, Vale do Paraíba e Getúlio Vargas. 

Horácio fez questão de pedir a colaboração da população, devidos aos transtornos causados pela obra. “Pedimos que os motoristas evitem as rotas onde estão sendo realizadas as obras, principalmente nos horários de pico. Estamos trabalhando com o apoio da Guarda Municipal, mas os transtornos são inevitáveis para alcançarmos nosso objetivo, que é tratar todo esgoto do município”, frisou. 

Sobre a ETE de Saudade, Horácio informou que o Saae já está habilitado para receber os recursos do governo federal para a construção da estação e complementação das redes. A equipe técnica da autarquia está trabalhando para que o convênio seja assinado ainda este ano. Serão investidos aproximadamente R$ 140 milhões nesta obra. 

A ETE Barbará está sendo construída com recursos do Fecam (Fundo Estadual de Conservação Ambiental e Desenvolvimento Urbano) e da Agevap (Agência da Bacia do Rio Paraíba do Sul) e a ETE Ano Bom, com recursos do Fecam. No total estão sendo investidos R$ 45 milhões nas obras. Juntas, as três estações terão capacidade de tratar 95% do esgoto do município, mas a previsão é de que sejam tratados 65% dos resíduos domiciliares.