Notícias

BM receberá R$ 135 milhões de investimentos em saneamento


Publicado em: 26/12/2013 12:01 | Autor: Saae Barra Mansa

 

20/12/2013

O município de Barra Mansa receberá nos próximos anos, R$ 135 milhões de investimentos em saneamento. O anúncio foi feito nesta sexta-feira, dia 20, pelo prefeito de Barra Mansa, Jonas Marins, e pelo diretor executivo do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), Horácio Guimarães Delgado, durante coletiva de imprensa na prefeitura. Na ocasião, o prefeito entregou ao superintende regional da Caixa Econômica Federal, Ricardo Dias Molina, os projetos para análise técnica do banco.

“Os recursos, provenientes do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento), já foram aprovados pelo Ministério das Cidades e a prefeitura só depende da aprovação técnica da Caixa para licitar as obras”, informou Jonas. Segundo Ricardo, a previsão é de que os projetos e documentos entregues pela prefeitura sejam analisados em até 60 dias. Ele garantiu que não existe a possibilidade dos recursos não serem liberados. “O que pode acontecer é a prefeitura ter que fazer algum ajuste, mas em dois meses esperamos que o governo municipal já esteja autorizado a preparar a licitação”, garantiu.

Segundo Horácio, a previsão é de que as obras sejam iniciadas no segundo semestre de 2014 e concluídas em três anos. Serão construídas novas redes de esgotamento sanitário nos bairros Vila Maria, Colônia Santo Antônio, Vila Nova, Vista Alegre, Saudade, Roselândia, Santa Clara, Goiabal, Jardim América e nos bairros da Região Leste. “Uma parte desse recurso será investida na elaboração de projetos de melhoria do sistema de abastecimento de água para os próximos 20 anos. Hoje, a rede está obsoleta e nossa intenção é colocar um sistema de controle na malha para termos mais eficiência no atendimento e também reduzirmos as perdas, que ainda são muitas”, disse.

Jonas Marins fez questão de ressaltar que o município receberá o maior investimento em saneamento do interior do estado do Rio. “É preciso muita coragem para fazer obras como essas, que causam desgaste devido aos transtornos no cotidiano da população. Mas não podíamos deixar de investir no tratamento do esgoto, isso é sinônimo de saúde. Vamos fazer de uma forma que cause o mínimo de transtornos aos moradores durante sua execução”, disse o prefeito, informando que Barra Mansa concorreu com mais de cinco mil municípios para receber esses recursos. “E ainda temos mais R$ 200 milhões em projetos que já foram submetidos ao Ministério das Cidades e que estão aguardando aprovação”, completou.

O prefeito também informou que estão sendo executados atualmente no município R$ 54 milhões de recursos do Fecam (Fundo Estadual de Conservação Ambiental e Desenvolvimento Urbano) e do Ceivap (Comitê para Integração da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul). Eles estão sendo investidos na construção de redes coletoras na margem esquerda do Rio Paraíba do Sul, do bairro Vale do Paraíba até Vila Coringa, e na construção das duas Estações de Tratamento do Esgoto 9ETE) no bairro Ano Bom e na Barbará.


Foto: Gabriel Borges